Sobre a Fábrica em Piracicaba

Sobre a Fábrica Hyundai em Piracicaba

A Hyundai iniciou oficialmente suas obras no Brasil em 25 de fevereiro de 2011. Ocupando uma área total de 1.390.00m² e 69.000m² construídos, a montadora desenvolve atividades de estamparia, carroceria, pintura e montagem final dos veículos. A capacidade de produção da fábrica é de 150 mil carros por ano, todos dedicados ao mercado nacional.
A primeira e maior máquina a chegar na fábrica foi uma prensa de 2,3 mil toneladas, entregue em outubro de 2011 e com capacidade para produzir 637 peças por hora. Conforme o molde instalado, ela será responsável por transformar chapas de aço em mais de 15 itens diferentes, como tetos, capôs, portas e pára-lamas. Outras três máquinas terminarão a conformação das peças com prensagens de mil e de 800 toneladas.
Três fornecedores estão na área da fábrica da Hyundai: Mobis, Dymose a Hysco. A Mobis é responsável pelo fornecimento de itens do painel, parachoques e grades. A Dymos faz o fornecimento de bancos. Ambos fornecedores abastecem a linha de montagem em um ritmo que possibilite a produção de 30 carros por hora. As peças chegam à montagem final por passarelas suspensas, que interligam os fornecedores e a Hyundai.

Já a Hysco recebe aço em bobinas e cortaras chapas que vão para a área de estamparia. A montadora lava as chapas internamente, processo que ajuda na redução das sujeiras que provocam caroços no momento de estampar a peça.estaduais
A fábrica de soldagem tem processo 98% automatizado e é dividida em body building, onde são soldadas as partes fixas do carro, como assoalho, laterais e teto, e body completing, para a solda de partes móveis como portas e capô.
Da solda, a carroceria vai para a fábrica da pintura por meio também de uma passarela suspensa. Lá, passa por banhos que removem resíduos restantes do processo de estamparia e solda e preparam o aço para a pintura, feita a base de água .
Toda a água que sai da fase da pintura vai para uma estação de tratamento de água interna, que segue todos os pré-requisitos para que a água seja devolvida à rede de tratamento da cidade sem resíduos.
Na fábrica da montagem final, o veículo recebe as peças vindas das outras fábricas e dos fornecedores e sai completo para o pátio, onde 100% dos carros produzidos serão testados.
A Inspeção Final realiza os testes elétricos e de rodagem, para medir desempenho, força de frenagem, motorização, torque, potência e rotação. O time da qualidade faz ainda uma verificação final de soldagem, pintura, ajuste das partes móveis e funcionamento de lâmpadas antes de enviar o carro à concessionária.
Para testar os carros, a planta conta com uma pista de testes de 3 quilômetros de extensão, com rampa de inclinação, utilizada para verificar a eficiência do freio de mão, torque para subida de ré e limitador de abertura de portas. A pista tem cinco diferentes tipos de piso que simulam, entre outros, lombadas, cascalhos e paralelepípedos.

TOP HMB © 2017 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem